.

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Cheirar bem, realizar bem

Milos for man

5 Comentários:

Blogger joe d'alessandro altobelli disse...

Eu tinha usado este trocadilho num contexto bastante diferente, ainda nos tempos em que não fazia parte da família minimalista. Check it out.

18 de fevereiro de 2008 às 15:16  
Blogger Administra-mos disse...

A verdade está do lado do joe.
No entanto, o ente obscuro que é a Girência deste tasco decidiu aceitar a posta french-guardiana, definitivamente seduzida pelo aproveitamento diferente do tema e pelo belo efeito visual com que a entrada nos bafeja, a qual - adivinhamos - terá comido demasiado tempo e cabeça ao seu subscritor para agora ser obliterada. obliterá-la consubstanciaria, isso sim e no mínimo, um chuto no baixo ventre da criatividade visual, que deve florescer livre e selvagem por este tasco.
As imagens pornográficas, no entanto, apenas devem ser usadas quando o seu grau de comicidade suplante o choque inicial, isto é, quando nos «caguemos a rir com aquilo».
Girência has spoken. Long live Girência.

A Girência

18 de fevereiro de 2008 às 16:18  
Anonymous F. Guard disse...

Joe is right, Joe is right, mas julgo beneficiar, não só de um erro inconsciente, mas também de ter usado um outro "Milo", que torna a coisa, não direi inteiramente diferente, mas também não inteiramente igual.

Quanto à Girência, a quem encomedei o parecer que antecede, informo que ainda não pude fazer a transferência bancária das respectivas "luvas", porque perdi o NIB.

18 de fevereiro de 2008 às 16:33  
Blogger joe d'alessandro altobelli disse...

Longe do Joe querer obliterar, achincalhar ou sequer desflorecer a bela posta de milos fornecida pelo senhor guarda. O Joe limitou-se a constatar uma coincidência, tornada possível apenas por um nome tão ridículo e propenso a trocadilhos que só podia vir de um cineasta checo.
Repararam que agora o Joe fala como o Nené e o Jardel?

19 de fevereiro de 2008 às 11:22  
Anonymous F. Guard disse...

Joe é fixe. E French Guard também é fixe.

19 de fevereiro de 2008 às 12:21  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial